Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

RUMOS NOVOS - Católicas e Católicos Homossexuais Portugueses

Ainda que sejamos provenientes de variadíssimos ambientes sociais, geográficos e culturais, partilhamos um elo comum: amamos a Deus e seguimos o Seu Filho Jesus Cristo. Devido a este elo único somos "um só em Cristo".

JORNADAS MUNDIAIS DA JUVENTUDE

O irmão brasileiro, Rafael, do movimento irmão da Diversidade Católica, presente nas recentes Jornadas Mundiais da Juventude, teve a «ousadia» de colocar ao Bispo brasileiro D. Orani, a seguinte questão:

 

«… meu nome é Rafael, sou brasileiro, nascido e criado no Rio de Janeiro. Sou católico há 8 anos e gay há 24... gostaria de saber… como a nossa Igreja (Católica), a casa que me proporcionou a fé e experiência com o Ressuscitado pode… negar que existem gays na Igreja... Faço parte desta casa, desta grande família que é o cristianismo promovido e edificado pela Igreja Católica, por isso não posso me calar perante discursos homofóbicos que vêm do alto atingindo a base que é o alicerce desta Igreja (se ela ruir, todo o resto cai juntamente) por isso, assumindo-me perante estes jovens aqui presentes no seu silêncio peço uma postura da Igreja… quanto a isso. Obrigado, paz e bem, Rafael.»

 


E, em plenas Jornadas Mundiais da Juventude, perante padres do Rio, Portugal, Espanha e de milhares de jovens, D. Orani, respondeu:

 

«… não podemos negar que há homoafectivos na nossa Igreja, até porque a nossa Igreja é um grande corpo e Cristo como autor da fé chama todos a viver essa sua diversidade e pluralidade. Eu como bispo não posso negar a vivência de Igreja, a comunhão de fé a ninguém. Todos aqueles que proclamam o Credo e têm as suas experiências com o Cristo, e O reconhecem como Senhor têm espaço e lugar na nossa Igreja. Essa é uma pequena expressão do que é o Reino de Deus, a Nova Jerusalém.  Cristo convida todos.  Aqueles que se sentem cativados respondem a esse chamamento, sejam homossexuais ou heterossexuais. A Igreja está aqui para todos… não me atrevo a fechar as portas da Igreja àqueles que querem viver a Igreja independentemente da sua orientação sexual…»

 

Que o Espírito Santo continue a sua missão salvífica de mostrar à hierarquia um verdadeiro Cristo, como O Caminho, A Verdade e A Vida.

 

Artigo original: aqui

Mais sobre nós

imagem de perfil