Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RUMOS NOVOS - Católicas e Católicos LGBTQ (Portugal)

Somos católic@s LGBTQ que sentiram a necessidade de juntos fazerem comunhão, partilhando o trabalho e as reflexões das Sagradas Escrituras, caminhando em comunidade à descoberta de Deus revelado a tod@s por Jesus Cristo.

Manifestantes violentos atiraram cocktails molotov, pedras e garrafas de vidro aos participantes na Marcha de Orgulho

Foto: Piotr Fijalkowski

 

Manifestantes da extrema direita atacaram a marcha do Orgulho com cocktails molotov, pedras e garrafas de vidro.

 

A cidade de Bialystok, na Polónia, estava a ser palco da primeira celebração do Orgulho, no sábado passado, com cerca de 1000 participantes. Porém, mais de 4000 contramanifestantes de extrema direita apareceram, gritando slogans como «Deus, Honra e Pátria» e «Bialystok livre de pervertidos».

 

Os contramanifestantes atiraram objetos aos participantes no Orgulho.

 

A agência de notícias Reuters relata que foram feitos vários vídeos com contramanifestantes a atacar os participantes na marcha. A CNN viu várias pessoas a retirarem as pinturas e a esconderem as bandeiras arco-íris numa tentativa de deixarem a cidade em segurança.

 

Vinte e cinco contramanifestantes foram presos pela polícia, que utilizou gás lacrimogénio e pimenta para dispersar a multidão.

 

«Estou a tentar ver isto de uma forma alegre, mas esta marcha é igualmente triste para mim porque não pensei que seria tão perigosa como é», disse a participante na marcha Anna Pietrucha à CNN.

 

«Estamos no meio de uma onde de propaganda de ódio, que é alimentada quer pelo Estado quer pela Igreja Católica», afirmou Hubert Sobecki da organização LGBTQ Stowarzyszenie Miłość Nie Wyklucza (O Amor Não Exclui).

 

No início deste mês, 30 cidades da Polónia declararam-se «Livres da ideologia LGBT».

 

Fonte: LGBTQ Nation